sábado, 24 fevereiro, 2024
HomePolitica NacionalAna Moser chega com missão de construir a base do esporte e...

Ana Moser chega com missão de construir a base do esporte e alto rendimento teme ficar de lado

-

A medalhista olímpica de vôlei, Ana Moser tomou posse do Ministério do Esporte nesta quarta-feira (4) com a promessa de formar uma base de atletas no país. Primeira mulher da história a comandar a pasta, sua missão é fazer com que o esporte, que terá seu orçamento em 2023 aumentado de iniciais R$ 190 bilhões para quase R$ 2 bilhões, chegue na ponta e descubra talentos.

Nos últimos quatro anos, durante o governo de Jair Bolsonaro (PL), o esporte virou uma secretaria especial, subordinada ao Ministério da Cidadania. Agora, de volta ao status de ministério, a pasta promete tornar o esporte mais acessível para a população.

Saída da Conab da Agricultura desagrada ala de ruralistas e dificulta apoio a Lula

Milly Lacombe x Pedrinho: entenda “treta” entre colunista e comentarista da Globo

Com Bolsonaro sem foro privilegiado, CPI da Covid articula reapresentar denúncias

No entanto, apesar de a nova missão de Ana Moser ser elogiada por atletas de ponta, há um temor, segundo funcionários de carreira do Ministério do Esporte, que a verba seja focada nas categorias de base e o alto rendimento, ou seja, os atletas profissionais, fiquem de lado. Questionado sobre o assunto, a pasta negou.

“A ministra entende que o conceito de nação esportiva aumenta a captação de talentos para o alto rendimento”, explicou o Ministério do Esporte. Mais cedo, ao assumir o cargo de forma oficial, a ministra falou sobre o assunto. “Se, como no Brasil, existe um esporte de rendimento muito maior o que o esporte acessível à população, isto é retrato da extrema desigualdade presente nesta sociedade. E isto precisa ser tratado com a prioridade e a amplitude que merece e é de direito”, completou.

Presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), Mizael Conrado, mostrou-se otimista com o que disse a nova ministra nesta quarta. Segundo ele, a Secretaria Nacional do Paradesporto será dividida em duas áreas, uma para cuidar dos atletas profissionais e outra que pretende descobrir talentos pelo país, como também, fazer com que os investimentos cheguem nas pequenas cidades e não se acumulem apenas nos grandes centros.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Ana Moser chega com missão de construir a base do esporte e alto rendimento teme ficar de lado no site CNN Brasil.

Related articles

Midias Sociais

0FansLike
0FollowersFollow
3,913FollowersFollow
21,500SubscribersSubscribe

Latest posts